47ª Regata Volta a Ilha acontece neste sábado em Florianópolis

Principal competição de vela oceânica de Santa Catarina encerra o calendário 2015 do Iate Clube de Santa Catarina. Katana é o atual Fita Azul

Florianópolis (SC) – 4 de dezembro de 2015 – Neste sábado, 5, a flotilha oceânica do Iate Clube de Santa Catarina se reúne pela última vez no ano para as disputas da 47ª Regata Volta a Ilha de Santa Catarina. A competição que encerra o calendário de atividades náuticas do ICSC é a prova mais tradicional da vela estadual.

 

A largada acontece em frente à Sede Central do Iate Clube de Santa Catarina em direção ao Sul da Ilha. O percurso compreende em aproximadamente 75 milhas náuticas, em torno de 120km, e é toda feita por bombordo, ou seja, mantendo-se sempre a esquerda da embarcação. A expectativa é de que aproximadamente 40 embarcações prestigiem o evento, que tem suas disputas nas classes ORC, C30, BRA-RGS, HPE25 e Visitantes.

 

Nos últimos anos, os veleiros Catuana Kim e Mano´s Champs dominaram as regatas, alternando não só as disputas por título, mas também nas quebras de recorde. Em 2005, comandados por Paulo Cocchi, o Catuana estabeleceu 9h13mim, mas em 2011 o Mano Champ´s, de Avelino Alvarez, registrou 8h43m01s, tempo que permanece até hoje com recorde da competição.

 

No entanto, o domínio da dupla foi quebrado no ano passado, com o veleiro C30, Katana/Energia, de Fábio Filippon sendo o Fita Azul da regata, uma das mais difíceis da história com condições de vento extremamente adversas. Os C30 dominaram inteiramente a última edição da Volta à Ilha e a decisão veio no último contravento, com o Katana saindo de 3º para 1º. Em segundo lugar ficou o Zeus Team e em 3º o Corta Vento.

 

15ª Regata Ilha do Largo:

 

Além da Regata Volta à Ilha, acontece também neste sábado, a 15ª Regata Ilha do Largo – Ilha de Ratones. A prova destinada aos barcos de menor porte (RGS-C, Proa Rasa e Visitantes) tem largada no mesmo local e horário, dia 5, às 10h, mas conta com percurso diferente.

 

Os veleiros contornam a Ilha do Largo, próximo ao Ribeirão da Ilha, sentido norte, passando entre os vãos centrais das pontes Colombo Salles, Pedro Ivo Campos e Hercílio Luz. Depois, um contorno será feito na Ilha de Ratones Pequeno, próximo a Ponta de Sambaqui, encerrando a regata em frente ao Forte de Sant´Ana.