Cabanga comemora Batalha Naval do Riachuelo

A Data Magna da Marinha do Brasil foi comemorada em grande estilo pelas embarcações de Oceano. No último sábado (3 de junho), veleiros da RGS A, RGS B, Mocra Regata, Mocra Cruzeiro e Aberta Monocasco ganharam as águas do Marco Zero do Recife para celebrar o 152º aniversário de um dos maiores triunfos da história das Forças Armadas Brasileiras, a Batalha Naval do Riachuelo. A competição foi organizada pela Capitania dos Portos de Pernambuco e o Cabanga Iate Clube de Pernambuco.

Na disputa, a embarcação Patoruzu, do comandante Higínio Marinsalta, levou a melhor e conquistou, pelo segundo ano consecutivo, o troféu Fita Azul, além do título na classe Mocra Regata. O trimarã completou o percurso em 1h20min54.

Na categoria RGS A, o Carcará II, do comandante Paulo Almeida, ficou com o lugar mais alto no pódio, com o tempo corrigido de 1h44min06. O veleiro Morning Breeze, de Guilherme Araújo, chegou em segundo e o Girosplit, de Newton Carvalho, em terceiro.

Na RGS B, o veleiro do comandante Antônio Antunes, Zuada, ficou com a primeira colocação. Na Mocra Cruzeiro, o Ciranda, do comandante Sergio Avellar, ficou em primeiro lugar seguido da embarcação KakaMauMau, de Marcelo Magalhães.

Outro grande destaque da Regata Batalha Naval do Riachuelo foi a classe Aberta Monocasco. O veleiro Glasnost, do comandante Rodrigo Quintas, ficou com o primeiro lugar seguido pela embarcação Felicidade, de Marcelo Souza, que ficou em segundo.

Resultados:

RGS A
1º Carcará II (Paulo Almeida)
2º Morning Breeze (Guilherme Araújo)
3º Girosplit (Newton Carvalho)
4º Avatar (Paulo Almeida Filho)
5º Bolero II (Roberto Alcoforado)

RGS B
1º Zuada (Antônio Antunes)

Mocra Regata
1º Patoruzu (Higínio Marinsalta)

Mocra Cruzeiro
1º Ciranda (Sergio Avellar)
2º KakaMauMau (Marcelo Magalhães)

Aberta Monocasco
1º Glasnost (Rodrigo Quintas)
2º Felicidade (Marcelo Souza)