Campeões do Circuito de Floripa serão definidos neste sábado

Após dois dias de muita chuva em Florianópolis o sol finalmente apareceu nessa sexta-feira (29) e a raia de Jurerê mostrou mais uma vez todo seu potencial durante o terceiro dia de competições do 27º Circuito Oceânico da Ilha de Santa Catarina. Com vento nordeste variando entre 6 e 8 nós, a comissão realizou duas regatas barla-sota com excelentes duelos nas classes que definiram os candidatos ao título.

Após cinco regatas disputadas na classe ORC, a mais numerosa da competição, o catarinense Catuana Kim, do comandante Alexandre Back, manteve a regularidade do segundo dia e assumiu a ponta após dois segundos lugares nas regatas dessa sexta. “Nossa equipe velejou muito bem. Apesar de não estarmos tão entrosados, trouxemos ótimos jovens velejadores e eles têm feito muita diferença”, explicou o comandante Alexandre Back.

Ao que tudo indica, o duelo pelo título nesse sábado será contra o carioca Miragem, do comandante Paulo Freire. “Tudo depende de como a regata decisiva se desenrolará. Vai ser uma grande disputa”, completa Back, que tem cinco pontos de vantagem para o adversário do Rio de Janeiro. Fora da briga pela liderança até essa sexta-feira, o Miragem venceu as duas regatas do dia na classe ORC e conseguiu uma ótima recuperação, chegando com chances de título ao sábado.

Reforçados pelo catarinense Matheus Dellagnelo, a equipe carioca aproveitou o conhecimento do velejador para fazer duas regatas perfeitas. “Foi um dia muito bom. Já estamos bem entrosados apesar do pouco tempo de treino. Espero que a gente consiga manter o ritmo amanhã (sábado)”, disse Matheus.

Na classe C30 dois “pegas” fantásticos marcaram o terceiro dia de competições. Na primeira regata do dia o Zeus Team, comandado por Inácio Vandessen venceu mais uma com apenas 42s separando o primeiro do terceiro colocado (Katana em 2º e Corta Vento em 3º). Já na segunda, o Katana conseguiu sua primeira vitória na competição com apenas 7s de vantagem para o Zeus. Dessa forma, o Zeus chega ao último dia na ponta, seguido pelo Katana, separados por apenas três pontos.

Outro bom duelo marca a classe RGS. Com uma vitória e um segundo lugar para cada embarcação, Zephyrus e Bruxo estão separados por apenas um ponto com vantagem para o Zephyrus. Na classe IRC, o Itajaí Sailing Team venceu as duas regatas barla-sota do dia e abriu vantagem sobre o Boto IV, enquanto no Bico de Proa o Blu 1 é o líder com 2 pontos perdidos, um a frente do Quival. Na HPE-25, o Força 12 lidera.

O 27º Circuito Oceânico da Ilha de Santa Catarina será encerrado neste sábado com a realização de mais uma regatas barla-sota.

ORC Geral:
1º Catuana Kim – 7pp
2º Miragem – 12pp
3º San Chico – 15pp
 
ORC 500:
1º Catuana Kim – 7pp
2º Miragem – 9pp
3º San Chico – 10pp
 
ORC 600:
1º Melody 5 – 8pp
2º Flash Best Fellow – 8pp
3º Abosluto – 11pp
 
IRC:
1º Itajaí Sailing Team – 4pp
2º Boto IV – 7pp
 
C30:
1º Zeus – 4pp
2º Katana – 7pp
3º Corta Vento – 11pp
 
RGS Geral:
1º Zephyrus – 5pp
2º Bruxo – 6pp
3º Jylic II – 15pp
 
RGS A:
1º Jylic II – 5pp
2º Açores III – 7pp
3º Inae – 10pp
 
RGS B:
1º Zephyrus – 5pp
2º Bruxo – 6pp
3º Argonauta – 13pp
 
Bico de Proa: 
1º Blu 1 – 2pp
2º Quival – 3pp
3º Vida Morena –  5pp
 
HPE-25:
1º Força 12 – 4pp
 
Súmula completa – http://icsc.com.br/wp-content/uploads/2016/01/Sumula-Geral-3.pdf
 
O 27º Circuito Oceânico da Ilha de Santa Catarina conta com o apoio da ABVO – Associação Brasileira de Veleiros de Oceano – da FEISC – Federação de Iatismo do Estado de Santa Catarina – CBVela – Confederação Brasileira de Vela – Fields e D´Vie Joalheria. O evento é organizado pelo Iate Clube de Santa Catarina.