Catarinense Pangea conquista o título da BRA-RGS na 70ª Santos-Rio

Classe foi destaque com quase 30 barcos na raia da regata mais tradicional do país

A 70ª edição da regata Santos-Rio que contou com 68 barcos teve destaque na classe BRA-RGS. 
Na classe BRA-RGS foram quase 30 barcos na raia entre os atuais e os Clássicos. O campeão de 2019, o BL3 Urca, de Ilhabela (SP) com comandante paraense, Clauberto Andrade, teve problemas e não completou. O grande vencedor foi o Pangea, do Iate Clube de Santa Catarina, de Florianópolis (SC), do comandante Jorge Carneiro, finalizando após quase 53 horas no mar. O barco Zeus terminou em segundo e completou o pódio o barco Dona Bola. 

“Foi uma regata muito dura. Vento forte na cara o tempo inteiro, mas em nenhum momento nossa tripulação se afobou. Deu tudo certo. Nós sabíamos que estávamos no páreo e ao chegarmos no Rio de Janeiro, vendo que a possibilidade de ganhar era real, demos aquele gás final. Foi uma união bem interessante, com caras mais experientes e outros em sua primeira Santos - Rio. Todos são amigos desde infância e isso ajudou muito. Foi excelente”, comemora o comandante Jorge Carneiro.

A presença da flotilha do Iate Clube de Santa Catarina sempre foi muito marcante na Regata Santos - Rio. Por três vezes, embarcações do Veleiros da Ilha venceram a tradicional competição de vela oceânica, sendo a primeira delas em 1997, com o Gosto D´Água, do Comandante Ildefonso Witoslaswki Junior, atual Comodoro do ICSC, como campeão geral. Já em 1999 e 2000, comandando o Scirocco, o Comandante Inácio Vandressen, ex-Comodoro do ICSC, levou sua tripulação ao bicampeonato.

Na BRA-RGS Clássicos, o Aventura, do Iate Clube Guaíba, do Rio Grande do Sul, barco mais antigo a participar da regata, construído em 1957, foi o vencedor deixando o  Aries III, do Iate Clube do Rio de Janeiro, no segundo lugar. Estes foram os dois únicos barcos dos oito da categoria a completarem. Eles serão contemplados com a premiação La Belle Classe oferecido pelo Iate Clube de Santos  em parceria com o Yacht Club de Monaco que realiza a regata mais antiga do mundo.

"Gostaria de agradecer aos participantes, em especial aos barcos da BRA-RGS, que colocaram cerca de 30 na raia contabilizando os Clássicos. Fomos brindados com uma regata duríssima, digna dos 70 anos desse desafio. Todas as mais difíceis condições imagináveis para uma Santos-Rio. Agradecer à Marinha do Brasil com a presença do Cisne-Branco na largada, ao apoio no percurso e aos barcos que se acidentaram, agradecer ao Iate Clube de Santos, Iate Clube do Rio de Janeiro e CBVela que mandou sua equipe de jovens talentos. Fica o convite para o 51º Circuito Rio que é o Brasileiro ORC e também ao Brasileiro IRC em Ilhabela no mês que vem", disse o comodoro da ABVO, Mario Martinez. 

 
BRA-RGS

1 - Pangea - 2 dias, 4 horas, 57 minutos, 9 segundos (tempo corrigido)
2 - Zeus - 2 dias, 6h, 26min,19s
3 - Dona Bola - 2d, 9h, 12min, 4s
4 - Xekmat - 2d, 10h,26min,17s
5 - Beleza Pura - 2d,12h, 15s
6 - Aventura III - 2d, 12h, 21min, 5s
7 - Susso 2d, 15h, 43min, 33s
8 - Zuriel - 3d, 5h, 33min, 14s
9 - Sagarana - Não completou
9 - Sexta-Feira - Não completou
9- Tapioca - Não completou
9 - Tuchaua - Não completou
9 - Yallah - Não completou
9 - Almaviva VI - Não completou
9 - BL3 Urca - Não completou
9 - Born Free - Não completou
9 - H3+ - Não completou
9 - Kaze - Não completou
9 - Malungo - Não completou
9 - Nativo 2 - Não completou
9 - Panda - Não largou 

BRA-RGS Clássicos

1 - Aventura - 3 dias, 4h, 11min, 27s
2 - Áries III - 3 dias, 9h, 40min, 10s
3 - Cangaceiro - Não largou
3 - Don Alberto - Não completou
3 - Five Stars - Não completou
3 - Krishna - Não largou
3 - Pirajá - Não completou
3 - Buscapé - Não largou


 A 70ª Regata Santos-Rio teve a organização do Iate Clube de Santos em conjunto com o Iate Clube do Rio de Janeiro e conta com os apoios da Associação Brasileira de Veleiros de Oceano, a ABVO, a CBVela, e a Prefeitura de Santos.