Circuito Oceânico de Niterói agita a vela carioca no feriado prolongado

O feriado de Corpus Christi foi animado em Niterói com a realização do Circuito Oceânico pelo Clube Naval Charitas. Foram quatro dias de regatas, com 43 barcos inscritos nas classes ORC, IRC, RGS e Bico de Proa.

Apesar de três dias lindos, com muito sol, o vento não ajudou muito. Quinta, sexta e sábado as regatas foram disputadas com vento bastante fraco. Na quinta os barcos encararam um percurso longo para Maricás, com apenas 8 nós de vento fora da baía, mas quando os primeiros estavam se aproximando da linha de chegada, o vento deu uma merrecada e os menores acabaram encostando nos maiores, deixando a disputa ainda mais acirrada.

Na sexta e no sábado o vento terral muito fraco permitiu a realização de apenas uma regata por dia, dentro da baía de Guanabara, com os barcos chegando no limite do tempo máximo permitido pela regra.

No domingo, a previsão era de mais vento e muita chuva. A primeira regata do dia foi uma barla-sota, com vento bom, mas, com a entrada da chuva e rajada de 25 a 30 nós, a visibilidade ficou ruim, o que acabou causando o cancelamento da segunda regata do dia.

Vencedores do Circuito Oceânico de Niterói:

ORC:
1. Bravíssimo, Skipper 30, Luciano Secchin
2. Santa Fé V, Dufour 36, Nelson Thomé Jr
3. Miragem, BB40, Paulo Freire

IRC:
1. Aileen, 6M, Torben Grael
2. Esculacho, Delta 36, Walcles Osório
3. Super Pimpo 2, Malbec 36, Claudio Gomes

RGS:
1. Sem Crise, J/24, Luiz José Correia Jr
2. Dorf, Delta 26, Roberto Schnardorf
3. Mano’s Chopp, Velamar 34, Guilherme Winter