Conheça os vencedores do Circuito de Floripa

O Circuito de Floripa chegou ao último dia com disputas acirradas. O vencedor da classe HPE-25 só foi definido  na última regata do evento. O Força 12, de Santa Catarina, chegou ao último dia com um ponto de vantagem e velejando em família conseguiu sustentar a primeira posição à frente do Tereza, do Rio Grande do Sul.

“Os barcos da HPE-25 são todos iguais e o que faz diferença é a tocada da tripulação e nós velejamos em família. A filha (Larissa Juk), o filho (Alex Juk) e o Rodolfo fizeram um ótimo trabalho e no final conseguimos conquistar o título”, comentou Arno Juk, comandante do Força 12.

Campeão da edição 2016 do Circuito Oceânico, o Zephyrus começou o sábado com pequena vantagem sobre o Cherne, na liderança da RGS Geral. Porém, com uma tática perfeita e acertando todas as manobras, a equipe da Marinha do Brasil cruzou a linha de chegada com grande diferença sobre os catarinenses e após o tempo corrigido a tripulação pode comemorar o título no Circuito Oceânico.

“É sempre um prazer estarmos aqui em Florianópolis e essa garotada que está aí é o que a gente estimula na vela brasileira. Esses aspirantes da Escola Naval são a continuidade da vela. Por isso fazemos questão de estar sempre aqui e de competir em eventos como esse, que são tão importantes para o nosso esporte “, disse o Comandante Paulo Carvalho.

Completando o rol de campeões, o Inae/Transbrasa confirmou o título da classe IRC. O Pajero, na ORC, e o Carino, na Cruzeiro, já haviam confirmado as conquistas na sexta-feira, com uma regata de antecedência.

 

Classificação final do 28º Circuito Oceânico da Ilha de Santa Catarina:
C30:
1º Katana – 9pp
2º Caballo Loco – 11pp
3º Zeus Team – 11pp

ORC:
1º Pajero – 5pp
2º Itajaí Sailing Team – 13pp
3º Catuana Kim – 18pp

IRC:
1º Inae/Transbrasa – 5pp
2º Argonauta – 6pp

RGS Geral:
1º Cherne – 7pp
2º Zephyrus – 9pp
3º Ursa Maior – 11pp

HPE-25:
1º Força 12 – 6pp
2º Tereza – 9pp
3º Arretado – 12pp

Cruzeiro:
1º Carino – 3pp
2º Xamego – 6pp
3º Quival – 12pp