Copa Swift Sport encerra temporada com raia lotada em Ilhabela

 Número de tripulações inscritas animou a organização e os próprios velejadores, trazendo perspectivas de evolução para 2016 

 

 

Ilhabela (SP) – O XV Circuito Ilhabela de vela oceânica foi encerrado neste fim de semana (5 e 6) no Yacht Club de Ilhabela com 41 barcos na raia, motivo de satisfação para a Comissão de Regata (CR). “Colocar todas essas embarcações para competir em Ilhabela em plena crise demonstra um número expressivo, é muito barco, uma ótima condição”, exalta o diretor da CR, Cuca Sodré. Otimista, o juiz internacional prevê novidades para 2016. “Vamos criar a divisão Silver para a classe RGS e implantar a Bico de Proa, categoria com a finalidade de oferecer uma porta de entrada e acolher novos velejadores”.

 

Os planos rumo ao futuro já estão sendo traçados devido ao apoio incondicional da Suzuki Veículos à vela. O patrocínio está renovado para mais uma temporada. Nas regatas decisivas deste domingo (6), com vento sudoeste em torno de 12 nós (20 km/h), algumas das classes em disputa na Copa Swift Sport confirmaram o domínio das tripulações que tiverem a oportunidade de treinar de forma mais intensa ao longo do ano. Porsche (C30), Ginga (HPE 25) e Asbar Total Balance (RGS), contam com velejadores nativos da ilha ou frequentadores mais assíduos da Capital Nacional da Vela.

 

“Estamos com a mesma tripulação há três anos. O barco fica no Grêmio de Vela de Ilhabela (GVI) e saímos para treinar pelo menos duas ou três vezes por mês”, afirma Tináh, natural de Ilhabela, tático e responsável pelo gerenciamento da equipe do Asbar, comandado por Sérgio Klepacz, que nem sempre está embarcado nas regatas. “A Copa Swift Sport mostrou a força da vela oceânica. Há uma proposta para pegarmos um barco maior no próximo ano e mudarmos de classe”, revela Tináh, vencedor da RGS Geral e na divisão “B”.

 

O Porsche dominou a temporada na classe C30. Um dos motivos da evolução foi o investimento nos treinos. “Fomos mais regulares e eficientes neste ano porque conseguimos elaborar uma programação de treinos”, admite Marcos de Oliveira Cesar, comandante do Porsche, campeão na C30, título inédito para a equipe paulista. Na classe HPE 25, Breno Chvaicer, comandante do campeão Ginga, segue a mesma linha. “A concorrência está cada vez mais forte e precisamos investir nos treinos. É a única maneira de nos mantermos à frente na classe”, considera Chvaicer, responsável pela tripulação formada por caiçaras.

 

Os vencedores da quarta e última etapa de 2015 são: Porsche (C30), Jazz (RGS A), Asbar (RGS B), Sextante (RGS C), Cocoon (Cruiser), Ginga (HPE 25) e Tahiti Nui (HPE 30). As tripulações mais eficientes da temporada receberam como prêmio, miniaturas de canoas caiçaras, elaboradas pelo artesão Davi Borges, de Ilhabela. A organização e a realização da Copa Swift Sport são do Yacht Club de Ilhabela, o patrocínio de SUZUKI VEÍCULOS, com apoios de Ser Glass, North Sails, Revista Mariner, Ancoradouro, Antena 1, SailStation, Prefeitura Municipal de Ilhabela e SPOT Global Phone, da Globalstar.

 

Os primeiros colocados (1º a 3º) na Copa Swift Sport de 2015

 

C30: Porsche, Caballo Loco e +Realizado

RGS Geral: Asbar Total Balance, Inaê Transbrasa e Fram

RGS A: Inaê Transbrasa, Jazz e Fram

RGS B: Asbara Total Balance, Helios e Suduca

RGS C: Brazuca, Sextante e Colin

RGS Cruiser: BL3, Jambock e Cocoon

HPE 25: Ginga, Fit to Fly e Repeteco

HPE 25 (Silver): Conquest e Argos

HPE 30: Tahiti Nui, Capatosta e #04

 

Calendário da Copa Suzuki 2016

1ª Etapa

Março – 12 e 13; 19 e 20

 

2ª Etapa

Junho – 04 e 05; 11 e 12

(Warm up Ilhabela Sailing Week – 2 a 9/7)

 

3ª Etapa

Setembro – 10 e 11; 17 e 18

 

4ª Etapa

Novembro – 26 e 27

Dezembro – 03 e 04