Crioula e Danadão vencem no segundo dia e lideram o Brasileiro ABVO em Búzios

Crédito: Gabriel Heusi / Heusi Action
Com um dia perfeito de ventos e condições do mar, foram realizadas as duas regatas previstas nesta sexta-feira e em ambas os barcos Crioula 29, do Rio Grande do Sul, e Danadão, do Rio de Janeiro, venceram e pularam na frente no Campeonato Brasileiro ABVO regras IRC e ORC, em Búzios (RJ), realizado no empreendimento Aretê / BR Marinas. O evento, organizado pela ABVO, tem o patrocínio master do Empreendimento Aretê contando com a estrutura da BR Marinas e do Hotel Aretê – Búzios, e o apoio do ICAB, da Ipanema Ventures, CBVela e Prefeitura de Búzios. A competição termina nesta sábado com cerimônia de premiação às 19h.
Na classe ORC, o Crioula 29, que teve problemas no primeiro dia e não completou, venceu as duas regatas, a primeira uma Barla Sota e a segunda uma regata de percurso passando pela ilha Rasa, ilha Feia, Laje das Enchovas e a chegada nas proximidades do Iate Clube de Armação dos Búzios, o ICAB. A equipe do Rio Grande do Sul pulou na frente deixando o Duma em segundo lugar no geral. O Duma, barco do comandante Haakon Lorentzen, membro da família real da Noruega, ficou em sétimo na Barla Sota e em terceiro na regata de percurso. No terceiro geral está o barco do Rio de Janeiro, Angela VI.
“O Crioula velejou mais consistente, a flotilha cometeu alguns erros de manobra, perdeu vela, e o Crioula velejou rápido, mais eficiente e fino que os outros barcos e achoque no último popa pegou mais vento e mais pressão e conseguiu andar mais a frente que os outros barcos. Barco funcionou tudo bem, ganhamos a primeira regata com boa vantagem. Fizemos primeiro bom contra-vento, velejamos com vela boa até a ilha, barco andou bastante rápido, tivemos um pequeno erro logo depois, passando a bóia, jogamos um pouco de tempo fora, a segunda volta da regata foi bastante boa”, disse Samuel Albrecht, um dos comandantes do barco e que faz campanha olímpica na classe Nacra 17 para Tóquio 2020 e tem duas participações olímpicas em Pequim de 2008 e Rio-2016. “Foi uma regata muito boa, sem onda, bom vento, algumas rajadas mais fortes, mas foi muito boa a regata”, Renato Plass. O Crioula tem participação como tático de Geison Mendes, que faz campanha olímpica para a classe 470 nos Jogos de Tóquio.
 
Na classe IRC o dia foi do Danadão que havia ficado com o segundo lugar no primeiro dia. O barco comandado por Guilherme Raffare e com presença de Maurício Santa Cruz, com participações olímpicas e cinco títulos mundiais, sendo um na Snipe e quatro na J-24, venceu as duas regatas superando em ambas o Mahalo com presenças de Lars Grael, medalhista de Bronze em Seul 1988 e Atlanta 1996, e Clínio de Freitas, bronze com Lars na Coreia do Sul. O Mahalo, de Niterói (RJ), é comandado por Ricardo Silveira e Colin Gomm. A classificação geral coloca o Danadão na ponta seguido pelo Mahalo e o Rudá, pentacampeão Brasileiro.
“Foi um ótimo dia para nós, boas condições de vento, nosso barco é planador, mais moderno, então foi o ideal pra gente hoje. Amanhã previsão de um pouco menos vento, deve equilibrar mais, a disputa ainda está em aberto, promete ser acirrada e deve ficar entre nós e o Mahalo”, disse Maurício que já competiu junto e contra a tripulação com Lars e equipe: “Somos amigos, competimos juntos e contra, conheço ele e toda tripulação há anos, é uma rivalidade saudável”.
O Campeonato Brasileiro ABVO regras IRC e ORC termina neste sábado com a previsão de duas regatas a partir das 12h, ambas Barla Sota, de acordo com o árbitro-geral do evento, Cuca Sodré, membro do quadro internacional da World Sailing. A cerimônia de premiação vai ocorrer às 19h no empreendimento Aretê.
RESULTADOS DESTA SEXTA-FEIRA:
 
Regata 2 – Barla Sota 
 
IRC
 
1 – Danadão (RJ) – 1h09min18s
2 – Mahalo (RJ) – 1h11min59s
3 – Rudá (SP) – 1h13min40s
4 – Esculacho (RJ) – 1h14min21s
5 – Zorro (SP) – 1h14min28s
6 – Boto V (SP) – 1h15min29s
7 – Loyality (RS) – 1h15min42s
8 – Dona Bola (RJ) – 1h17min02s
9 – Cherne (RJ) – 1h18min08s
10 – Phanton of the Opera (ES) – 1h18min57s
11 – Lady Milla (RJ) – 1h19min58s
12 – Sargaço (RJ) – 1h24min41s
 
ORC
 
1 – Crioula 29 (RS) – 56min19s
2 – +Bravíssimo (ES) – 1min32s atrás
3 – Angela VI (RJ) – 2min06s atrás
4 – Maestrale (RJ) – 2min28s
5 – Santa Fé V (RJ) 2min44s
6 – Maximus (RJ) – 3min39s
7 – Duma (RJ) – 5min55s
8 – Vesper IV (RJ) – 7min23s
9 – Marlim (RJ) – 9min18s
10 – Bijupira (RJ) – Não completou
11 – Fire & Forget – Não largou
Regata 3 – Percurso
 
IRC 
 
1 – Danadão – 2h00min23s
2 – Mahalo – 2h04min52s
3 – Zorro – 2h08min09s
4 – Boto V – 2h09min17s
5 – Loyality – 2h09min18s
6 – Esculacho – 2h12min03s
7 – Rudá – 2h13min17s
8 – Dona Bola – 2h18min28s
9 – Lady Milla – 2h19min54s
10 – Phanton of the Opera – 2h21min36s
11 – Cherne – 2h23min59s
 
ORC
 
1 – Crioula 29 – 1h41min38s
2 – Angela VI – 3min04s atrás
3 – Duma – 3min34s
4 – Santa Fé V – 7min05s
5 – Maximus – 7min45s
6 – Maestrale – 8min30s
7 – Fire & Forget – 9min36s
8 – Bijupira – 12min45s
9 – + Bravíssimo – Não completou
10 – Marlim – Não largou
11 – Vesper IV – Não largou
 
CLASSIFICAÇÃO GERAL:
IRC
 
1 – Danadão
2 – Mahalo
3 – Rudá
4 – Zorro
5 – Loyality
6 – Boto V
7 – Esculacho
8 – Dona Bola
9 – Phanton of the Opera
10 – Lady Milla
11 – Cherne
12 – Sagarço
 
ORC
 
1 – Crioula 29
2 – Duma
3 – Angela VI
4 – Santa Fé V
5 – +Bravíssimo
6 – Maximus
7 – Maestrale
8 – Fire & Forget
9 – Bijupira
10 – Vesper IV
11 – Marlim
 
PROGRAMAÇÃO DO EVENTO: 
 
20/04 Sábado
12h – Duas Regatas do dia Barla Sota
19h – Cerimônia de Premiação – Hotel Aretê
O Campeonato Brasileiro de Veleiros do Oceano regras IRC e ORC tem o patrocínio master do Empreendimento Aretê e conta com o apoio da BH Marinas, Ipanema Ventures, do Iate Clube Armação de Búzios, que tradicionalmente promove a Búzios Sailing Week na Semana Santa, a Prefeitura Municipal de Armação dos Búzios e Cervejaria Búzios. A realização é da Associação Brasileira de Veleiros de Oceano e tem a chancela da Confederação Brasileira de Vela, a CBVela.