Premiação da Copa Brasil terá entrega de troféu transitório

2015 foi um ano muito bom para a vela oceânica brasileira. Foram realizadas regatas desde o nordeste até o sul do país e muitos barcos se deslocaram entre estados para as principais competições nacionais. E para celebrar o sucesso que foi a Copa Brasil, no dia 10 de março o Iate Clube do Rio de Janeiro vai receber os velejadores campeões e aqueles que ajudaram a deixar o evento mais animado.

 

Os campeões de cada categoria são os associados ABVO que somaram maior quantidade de pontos nas competições ao longo do ano, sendo que cada evento possui uma pontuação específica (acesse a regra 2016). O barco que tiver a maior somatória da média entre ORC e IRC também leva para casa o troféu de posse transitória José Carlos Laport de Barco do Ano, que será entregue ao Maestrale.

O caneco tem 23 cm de altura e foi doado para a ABVO por Paulo Laport, filho de José Carlos Laport. José adorava velejar, fez até um clube de vela em Búzios. Naquele período inicial foi o clube de vela mais fechado do mundo: ele era o único sócio e ao mesmo tempo fundador. Depois de fazer o clube, sentou na varanda do ICRJ e tentou vender títulos a 100 dólares, poucos, muito poucos aderiram.

Confira os vencedores de 2015:

ORC

1 Lugar- Maestrale II / ICRJ (barco do ano)

2 Lugar – Angela Star VI / ICRJ

3 Lugar – Santa Fé  / CNC

 

IRC

1 Lugar – Saravah / ICRJ- ICAB

2 Lugar- Maestrale/ ICRJ

3 Lugar- Eurus / ICB

 

BRA RGS

1 Lugar- Inaê Transbras / Pier 27

2 Lugar  Dorf/ ICRJ

3 Lugar Jazz / YCI

 

Clássicos

1 Lugar – Cangrejo/ ICRJ

2 Lugar – Marga / RYC

3 Lugar – Cairu III/ ICRJ

 

MOCRA

1 Lugar – Patoruzú

2 Lugar – Odara / SCB

3 Lugar – Aventureiro/ CIC

 

Barcos do Ano:

2013 – Angela Star VI

2014 – Lucky V

2015- Maestrale II