Regata mais antiga do mundo, Americas Cup começa com barco de tecnologia inovadora

Evento data de 1851 e é o mais antigo em qualquer modalidade. Barco alcançou 49 nós no primeiro dia

    Crédito: Stefano Gattini

Mais tradicional regata do mundo e evento mais antigo do mundo em qualquer modalidade, a regata Americas Cup começou nesta quinta-feira, em Auckland, na Nova Zelândia.

Datada de 1851, 45 anos dos primeiros Jogos Olímpicos, a competição largou com quatro equipes disputando entre si em formato de round-robin, ou seja, todos contra todos, sendo regatas sempre de uma equipe contra outra e o país vencedor leva um ponto.

No último dia, 20 de dezembro, as semifinais com o melhor time encarando o pior e o segundo contra o terceiro e a final a seguir.

Esta é a apenas a primeira etapa da Americas Cup que terá sua segunda entre janeiro e fevereiro, a Prada Cup, e a final com os atuais campeões, o time da Nova Zelândia, encarando o melhor time da Prada Cup, que será disputado entre os dias 6 e 13 de março.

A novidade é o lançamento dos barcos com foils que prometem revolucionar a Vela de Oceano. Somente no primeiro dia do evento, o time da Nova Zelândia alcançou mais de 49 nós de velocidade para ventos que giravam em torno dos 14 nós.

"O sistema de foils está sendo uma revolução na Vela e com muito orgulho podemos afirmar que o inventor é um brasileiro, de Santos (SP) e do Clube Internacional de Regatas, o engenhheiro Manoel Chaves proprietário do estaleiro MCP que patenteou o sistema e está requerendo seus direitos pela invenção", disse Mário Martinez, comodoro da Associação Brasileira de Veleiros de Oceano. 

No fim do primeiro dia o time americano derrotou o britânico e o neozelandês e pulou na frente na classificação geral. 

  No passado o Brasil teve Torben Grael na equipe italiana Prada. As competições podem ser assistidas pelo youtube ou no site do evento www. americascup.com e as transmissões são feitas a partir de 23h, no horário de Brasília.