Vitória no Circuito Rio confirma ano excelente do Ventaneiro, de Renato Cunha

O Ventaneiro, de Renato Cunha, teve um ano excelente, com vitórias na temporada caribenha, e, de volta ao Brasil, vitória no Circuito Rio na classe IRC. Confira um relato de Kadja Brandão, tripulante do barco, sobre o que foi o ano para eles até agora, com a disputa da Santos – Rio (primeira regata válida para o Circuito Rio) e do Circuito Rio:

E o vento soprou a nosso favor. Após as duras condições da Regata Santos-Rio, quando as duras condições de mar e vento exigiram muita resistência das equipes para se chegar à vitória, Eolo caprichou no vento do Circuito Rio. As condições variaram bastante, favorecendo ora uns barcos, ora outros, mas vento não faltou.

A Regata média Victor Demaison foi a mais bonita e prazeirosa que o Ventaneiro já correu no Rio de Janeiro, na qual pudemos apreciar toda a beleza das praias e ilhas da cidade. Justificou o nome do Circuito. No terceiro e quarto dias de regata os percursos foram internos, na Bahia de Guanabara, e no quinto e ultimo, ventos mais forte permitiram belíssimas regatas nas raias de Niterói. Pudemos velejar nas mais variadas raias, com o privilégio de ter a vista da nossa cidade. Perfeito!

O Ventaneiro, com seu Comandante Renato Cunha e tripulação, mostraram que evoluíram muito após uma vitoriosa temporada de regatas no Caribe.

Como sempre diz o Comandante “são necessários dois anos para se conhecer bem os potenciais de um barco completamente novo”. Foi preciso muito trabalho para transformar um barco pesado, com características de cruzeiro rápido, em um barco pronto para regatas. Houve quem duvidasse do potencial do barco e até mesmo questionasse essa pretensão.

Mas, os resultados vieram. Sob os fortes ventos do Caribe, tivemos a honra de representar o BrasilI em regatas importantes, culminando com o título na tradicional Antigua Sailing Week, quando pudemos deixar a flâmula do ICRJ junto a tantas outras que ali estão.

Mas a alegria de velejar em casa, vencer, e deixar o título de campeão do Circuito Rio na classe IRC no Iate Clube do Rio de Janeiro foi o ápice daquela que poderíamos chamar de uma temporada perfeita.

Que venham bons ventos em 2017!”

Tripulação Circuito Rio 2016:

Renato Cunha – Comandante
Eduardo Cunha Faria
José da Cunha Faria
Kadja Brandão
Alfredo Rovere
Pedro Costa Alemão
Ricardo Ermel
Lya Paruolo
Ricardo Dondeo
Antonio Cabral
Rogerio Aguina
Marcelo Kroeff