2013 Agosto - ATA ABVO

Transparência ABVO / Atas

23 visualizações
0 Gostos
0 0

Share on Social Networks

Partilhar Hiperligação

Use permanent link to share in social media

Share with a friend

Por favor iniciar sessão to send this document by email!

Embed in your website

Select page to start with

5. 8 .0 - Clássic os Roberto Geyer , novo Coordenador dos clássicos , mencionou que existem 10 barcos interessados em competir na RISW 2014, caso a regra seja convidada. Salientou que nos eventos clássicos os custos de participação são cobertos pelos patrocinadores, prevendo dificuldade s, caso os custos da RISW sejam significativos. 9.0 - CNC O Cmte Esteves, Diretor de Náutica do Clube Naval Charitas, participou da reunião como convidado. Ele mencionou a regata que esta sendo organizada pelo clube durante a Fest Vela , q ue acontecerá em Novembro, com data a ser confirmada. Casaes solicitou que o CNC se posicione com relação à filiação na ABVO. Lembrou que o clube está prestes a organizar o Circuito Oceânico e que poderia se beneficiar com o apoio da associação na organiz ação do evento. Lembrou que outros clubes importantes como YCI, ICRJ, YCB, UIC , CICP entre outros, estão associados. 9 .0 - Asbar IV Foi discutida a solicitação feita pelo YCI de remedição do Veleir o Asbar IV . Em contato com o proprietário , o mesmo men cionou que está ciente , aguardando confirmação do medidor para a data da nova medição. Paulo Freire

2. 2 .0 - BRA - RGS / Circuit o Rio 2.1 – Walter Becker , coordenador nacional da regra, solicitou ao Comodoro da ABVO para fazer gestão junto ao YCA para inclu ir a regra BRA - RGS na Regata Buenos Aires - Rio , devido ao fato de que os barcos Jylic II, Bistra e Cairu II, medidos naquela reg ra , estarem inscritos n o evento. A solicitação foi encaminhada , devendo haver número mínimo de barcos para oficializar a regra , segundo resposta obtida pelo Lars . Valdir Petersen , Coordenador da regra no Rio de Janeiro , participou da reunião por solicitaç ão do Walter Becker e como futuro c oordenador nacional da regra. Valdir informou sobre o novo sistema de medição via web que esta sendo implementado, para atualizar o cadastro de certificados e agilizar o processo de emissão dos mesmos. Lars pon tuou que hoje existem barcos que possuem mais de um certificado válido. Valdir prometeu providenciar correção deste ponto. 2.2 – Campeonato Brasileiro de BRA - RGS O campeonato vai ocorrer durante o Circuito Rio de 2013 , que se realizará de 31/10 a 02/11. Lars c omentou que para ter validade o AR precisa ser aprovado pela CB Vela. Valdir vai trabalhar em conjunto com o ICRJ na preparação da IR. Quando encerrarem as inscrições ele ficou de disponibilizar para o ICRJ os Certificados válidos . Foi d efinido que a R GS terá largada separada da ORC/IRC . Casaes informou que o AR já foi elaborado, aguardando revisão do Cuca. Adicionalmente , foi aprovada a presença de medidores durante o evento para realizar medições nos barcos após as regatas , conforme critério a s er definido. Valdir informou que existe planilha padronizada para efetuar estas medições. Algumas ideias foram apresentadas para definir os barcos a serem medidos, tais como sorteio, ou os primeiros colocados nas regatas, etc.

3. 2.3 Circuito Rio Torben rei terou solicitação de seguir mos com a discussão sobre cadernos de encargos para os Campeonatos Brasileiros , como forma de garantir a realização de regatas oceânicas nos eventos. João Marcos , capitão da flotilha do ICRJ , afirmou que estão previstas regatas oceânicas de Volta às Ilhas e Maricás durante o Circuito. Sobre os percursos de RGS , Valdir Petersen sugere um percurso mais curto devido à velocidade dos barcos. 3.0 - Regata Santos - Rio Lars informou que o Aviso de Regata esta sendo elaborado pelo C uca a pedido do ICS. O ICRJ esta aguardando o documento para definir preparativos para a recepção dos barcos/ premiação, etc . Casaes informou que o ICRJ decidiu novamente não incluir a regata Santos – Rio no Circuito Rio, com a justificativa de que a obr igação de participar na regata esvaziaria o Circuito Rio. Outra razão apresentada para a exclusão, é que a principal motivação da regata, que seria trazer barcos de SP para o Circuito , na prática não ocorre, sendo a competição feita quase que exclusivament e por barcos do Rio de Janeiro. Embora vários velejadores experientes t enham sido favoráveis à volta da regata ao Circuito, o Comodoro mencionou que a decisão final é dos clubes organizadores, cabendo à ABVO o papel de sugerir/ orientar . 4.0 - Circuito O ceânico de Salvador/ Aratu - Maragogipe Conforme percepção inicial , o evento deste ano deve crescer em numero de participantes com a mudança de data de Janeiro para Agosto, facilitando a participação na Refeno para os barcos do Sul.

4. 5.0 - Custos de Mediç ão ORC - Sugestão ABVO Foi d iscutida pelos presentes nova tabela de valores de medição , para servir de balizamento e uniformização dos serviços cobrados pelos medidores . Esta tabela vai ser ainda discutida com os medidores e , após aprovação da Comodoria , deverá ser divulgada. 6.0 - Calendário 2014 Por solicitação da CB Vela , a ABVO esta preparando Calendário 2014 dos principais eventos de v ela do Brasil. Estamos aguardando a definição de alguns eventos ainda em aberto , para encaminhar nossa sugestão à Con federação. No mesmo calendário estarão contidos os vários campeonatos brasileiros de cada regra. Após aprovado , o Calendário 2014 será publicado no site : www.abvo.org.br 7 .0 – IRC Pierre Joullie , Coordenador da reg ra , relatou que 29 barcos já possuem certificados IRC. Vai apresentar tabela de preços de medição na próxima reunião. Questionado sobre a pesagem dos barcos , informou que está preparando um cronograma de pesagem, contemplando todos os barcos com certifica do . Até a data da reunião , ainda faltavam 5 embarcações pagarem os certificados. Christina Frediani confirmou pagamento feito pela ABVO em Julho à UNCL , referente aos certificados IRC emitidos p or aquela entidade no primeiro semestre.

1. Ata da reunião da equipe ABVO • Data: 06/08 /2013 • Local: Sala de vela do ICRJ, Rio de Janeiro, RJ • Horário: Das 18h30 às 22h30 Presentes: • Lars Grael - Comodoro • Adalberto Casaes – 1º Vice Comodoro • To rben Grael – 2 Vice Comodoro • Paulo Freire - Diretor Secret ário • Christina Frediani - Diretor Financeiro • Pierre Joullié - Coordenador da regra IRC • Roberto Geyer - Coordenador Clássicos • Valdir Petersen – Coordenado BRA – RGS • João Marcos Almeida - Conselho Fiscal • Guilherme Araújo – Coordenador Regra Mocra (Skype) • Luis E duardo Pato – Coordenador BA ( Skype) • Cmte Esteves - Diretor CNC Feita leitura da Ata de Reunião anterior. Os assuntos da pauta foram discutidos conforme abaixo: 1.0 - MOCRA Gulilherme Araújo relatou que existe expectativa de haver 5 barcos medidos para o Circuito de Salvador. Na Aratu - Maragogipe cerca de 20 barcos medi dos. Em Recife possivelmente ele espera a participação de 15 catamarans medidos na Mocra. Questionado sobre os critérios a serem adotados para o Campeonato Brasileiro da Mocra , L ar s ficou de enviar informações sobre os critérios do ranking da ABVO, com o peso de cada regata. Confirmou que pode m haver alterações , desde que sejam definidas e informadas aos velejadore s antes do inicio do Circuito de Salvador.

Visões

  • 23 Total de Visualizações
  • 19 Visualizações Website
  • 4 Embedded Views

Ações

  • 0 Social Shares
  • 0 Likes
  • 0 Dislikes
  • 0 Comentários

Share count

  • 0 Facebook
  • 0 Twitter
  • 0 LinkedIn
  • 0 Google+

Embeds 1

  • 1 abvo.popsolutions.com.br